Depois de São Paulo e Rio, crise no SBT começa a atingir outras praças

Author

Categories

Share

SBT

SBT
Onda de demissões no SBT atinge filiais de Brasília, Porto Alegre e Belém (Imagem: Divulgação / SBT)

A crise que tem se instaurado no SBT desde o mês passado e que já passou não só pela sede em São Paulo, como também pelo Rio de Janeiro, começou a atingir outras praças. As filiais da emissora de Silvio Santos pelo Brasil já iniciaram também os seus cortes e demissões.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do R7, a situação complicada chegou a algumas praças como Brasília, Porto Alegre e Belém. O departamento de jornalismo destas localidades está sofrendo com a onda de dispensas para o enxugamento do pessoal.

Vale lembrar que, na semana passada, os desligamentos reduziram boa parte dos profissionais que atuavam no departamento de jornalismo da emissora no Rio. Como resultado, quase que não existem mais equipes na rua no período da manhã.

No total, foram dez os jornalistas demitidos. Em sua maioria o pessoal mais antigo da casa foi mandado embora, seguindo um movimento adotado por muitos canais ultimamente que é o de renovar o seu quadro para mais novos.

Em São Paulo, a emissora chegou a fechar o departamento de dramaturgia e demitiu todo o elenco de Poliana Moça. Assim como as equipes do Topa ou Não Topa?, Programa Raul Gil e Bom Dia & Cia.

O Esquadrão da Moda também sofreu com alguns dos seus profissionais dispensados; a partir de 2021, o ‘Esquadrão’ deixa de ser programa fixo para ser exibido no chamado regime de temporadas.

Os apresentadores do Fofocalizando Leão Lobo, Mamma Bruschetta e Lívia Andrade, que estavam afastados do programa desde o início da pandemia, foram surpreendidos com o desligamento. Carlinhos Aguiar também foi dispensado. Estima-se ainda que cerca de 500 pessoas sofrerão com os cortes previstos.

O post Depois de São Paulo e Rio, crise no SBT começa a atingir outras praças apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.

Author

Share