Constantino chama de ‘aberração’ requerimento de Calheiros sobre a Jovem Pan: ‘Clara tentativa de censura’

Author

Categories

Share

O senador Renan Calheiros, presidente da CPI da Covid-19, fez um requerimento de quebra de sigilo bancário do grupo Jovem Pan na última sexta-feira, 30, alegando que o veículo é “disseminador de fake news”. Em comunicado, o veículo informou que pedidos do gênero são injustificáveis e lembrou que os balanços da Jovem Pan são publicados anualmente no Diário Oficial. Ainda assim, os valores foram republicados no site e as verbas governamentais podem ser conferidas no Portal da Transparência. “Diferentemente do que afirma Calheiros, a história da Jovem Pan comprova que, ao longo de seus 77 anos de existência, a empresa jamais disseminou fake news. Os profissionais da Jovem Pan divulgam fatos e os analisam segundo diferentes pontos de vista. O autor do pedido não especifica quais profissionais disseminaram notícias mentirosas e em quais programas isso teria ocorrido. Fica claro, portanto, que se trata de uma acusação genérica que tem por única finalidade cercear a liberdade de imprensa no Brasil”, diz trecho do documento.

Para o comentarista do programa “3 em 1”, da Jovem Pan, Rodrigo Constantino, o que ocorreu foi uma “aberração”. “Estamos diante de algo temerário, isso sim, uma clara tentativa de censura, de intimidação estilo ‘cangaço’ do trabalho da mídia independente. E muitos jornalistas alertando que o perigo vem do presidente que dá umas respostas atravessadas, porque não respeita a liturgia do cargo. É condenável? É, mas não está colocando em risco a liberdade de imprensa”, afirmou. O comentarista considerou a peça dos senadores como “patética” e “genérica” e convidou o público para uma reflexão geral. “Eu quero dizer aqui que mexeram com a Jovem Pan, que é um veículo muito grande, tradicional, e aí teve que ter reação. A pergunta que eu faço é: se a Jovem Pan não fizesse parte desse alvo de ataques, mas os outros portais sim? E se fosse o resto? Aí tudo bem? Aí passava batido?”, questionou. Estamos brincando com fogo, estamos brincando de tratar como gente séria vagabundos lulistas”, concluiu.

Confira o programa “3 em 1” desta segunda-feira, 2, na íntegra:

Author

Share