Quarto lugar em arremesso de peso, brasileiro treinava em condições precárias

Author

Categories

Share

Nesta quinta-feira, 4, durante a prova do arremesso de peso nos Jogos de Tóquio 2020, o Brasil atentou-se para um atleta que até então era pouco conhecido. Darlan Romani terminou em quarto lugar, mas chamou a atenção da internet pelo carisma e carinho com sua família nas redes sociais. Porém, um vídeo onde o atleta aparece treinando em um terreno baldio não passou despercebido pelos internautas, que o elogiaram pelo esforço, mas ressaltaram as condições precárias. A gravação é do início da pandemia, quando o clube Pinheiros, onde Darlan treina, foi fechado por normas sanitárias. Por não ter encontrado locais especializados para treinar durante o período, o arremessador improvisou uma quadra no terreno do prédio onde vive, em Bragança Paulista.

Mesmo com todos os empecilhos, Romani conseguiu terminar a prova com a marca de 20m70, conquistando a quarta colocação nos Jogos. O pódio ficou entre os atletas Ryan Crouser e Joe Kovacs, dos Estados Unidos, e Tomas Walsh, da Nova Zelândia. Em entrevista ao UOL, a esposa de Darlan, Sara Romani, afirmou que o atleta de fato treina em condições precárias e que a Confederação Brasileira de Atletismo não atende pedidos para a melhoria da estrutura dos centros de treinamento.

Author

Share